SIC Marking

Máquina de marcação z-a C 151 para o mercado aeronáutico

A série C151 z-a foi alvo de todas as atenções aquando da sua apresentação na última feira AEROMART, em Toulouse. Com a sua capacidade de detecção automática, esta máquina de marcação destina-se principalmente à indústria aeronáutica, proporcionando uma excelente repetibilidade e rastreabilidade.

Jetter

nterface Homem-Máquina com capacidades gráficas para ambientes difíceis

A empresa especialista em automação Jetter AG , sedeada em Ludwigsburg, lançou o JVM-407, um novo interface homem-máquina (HMI) com capacidades gráficas, concebido especialmente para a utilização em ambientes difíceis.

SOURIAU – SUNBANK Connection Technologies

Gama 851 da SOURIAU (Mil DTL 26482 série I), agora disponível numa versão RoHS com certificação QPL

A versão em zinco-níquel preto da SOURIAU permite aos utilizadores de equipamento industrial e aeronáutico cumprirem as mais recentes directivas RoHS. Consegue garantir as mesmas características eléctricas e físicas da solução de cádmio, principalmente em termos de resistência à pulverização de sal (500 horas). Além disso, é possível acoplar um conector 851 em zinco-níquel RoHS a um conector de cádmio sem gerar um par galvânico; o mesmo se aplica a acessórios, como adaptadores.

PEPPERL+FUCHS FACTORY AUTOMATION

Codificador Rotativo de Segurança RVK58S: Soluções de accionamento, incluindo detecção de posição do rotor, em conformidade com SIL3/PLe

As empresas de engenharia industrial e mecânica confiam cada vez mais em componentes com segurança integrada para cumprir os requisitos de segurança especificados na versão actual da Directiva "Máquinas" 2006/42/EC. O codificador rotativo seno/co-seno de segurança RVK58S é a escolha ideal pois também permite que a posição do rotor do motor seja detectada com os mais elevados níveis de precisão.

PEPPERL+FUCHS PROCESS AUTOMATION

Bebco EPS Séries 6000 e 5000 Q

Prevenção contra explosões usando o sistema de purga e pressurização

NORD Drivesystems

SK 540E: conversores compactos com funcionalidade CLP integrada

A NORD Drivesystems expande a sua série SK 500E de conversores de frequência compactos para a instalação em armários de comando, adicionando o modelo topo de gama SK 540E que inclui uma funcionalidade CLP básica integrada. Sem a necessidade de recorrer a um controlador externo, o conversor, com um excelente preço competitivo, consegue comandar muitas aplicações exigentes com sequências e interligações a contadores, dispositivos de comparação e marcas que são facilmente programados de acordo com a norma industrial IEC 61131-3 utilizando a ferramenta NordCon computadorizada.

HMS Industrial Networks AB

Produção de recipientes de vidro para uso farmacêutico

A SPAMI, uma empresa do Grupo Stevanato, desenvolveu um sistema de inspecção para aumentar a qualidade do material de vidro. O sistema utiliza tecnologias de controlo de qualidade para examinar os tubos de vidro quando chegam à fábrica, bem como o produto final. O sistema é composto por um sistema de inspecção visual (NoVIS), um sistema para a medição contínua da temperatura e também um sistema de processamento da imagem digital, o chamado "CLEANER", que consegue detectar e remover falhas com o tamanho de alguns mícrones no vidro do produto final. As máquinas de processamento totalmente integradas realizam a medição do diâmetro do tubo de vidro, da espessura da parede e da temperatura utilizando pirómetros de infravermelhos (pirómetro para controlar o recozimento), para um controlo de qualidade total, e queimadores motorizados que garantem um controlo preciso do seu posicionamento. A utilização deste sistema concede à Stevanato a sua vantagem em termos de qualidade em relação aos outros fabricantes de frascos. Neste sistema avançado, a S.P.A.M.I. utiliza conversores Anybus da HMS para estabelecer a ligação entre as câmaras de inspecção visual remotas e o CLP que controla as linhas de produção.

PROSOFT TECHNOLOGY EMEA

Meio Ambiente: a Veolia Water Solutions & Technology adopta os aparelhos de rádio da Prosoft Technology para o seu processo de secagem de lamas por energia solar

Depois de a água ser tratada, é muitas vezes necessário secar as lamas residuais. O processo de secagem de lamas por energia solar SOLIA, comercializado pela MSE, utiliza um dispositivo de viragem automatizado. As lamas são espalhadas em leiras, numa estufa, de forma a diminuir a quantidade de água nelas existente. A operação é automatizada, não havendo necessidade de voltar a entrar na estufa para controlar o robot. Os robots são controlados por rádio, o que representa uma solução mais robusta do que os sistemas com fios tradicionais.

Junte-se aos mais de 15 mil seguidores do IMP