www.industria-portugal.com
norelem

Serão os dados CAD o segredo para o futuro da Indústria 4.0? 

De modo a satisfazer a crescente procura de desenho inteligente e transformação digital, a tecnologia CAD está numa posição privilegiada para ajudar os engenheiros nas próximas fases da tecnologia digital. Boris Fischer-Ribič, Diretor Geral da norelem na Áustria, comenta as vantagens dos dados CAD e a forma como podem melhorar e otimizar o desenho de produtos - tornando-os uma via segura para processos mais eficientes.

Serão os dados CAD o segredo para o futuro da Indústria 4.0?

Originalmente inventado para ajudar os engenheiros a desenhar linhas de forma mais eficaz, o desenho assistido por computador (Computer Aided Design - CAD) evoluiu e tornou-se a base de praticamente todos desenhos gerados a partir de dados para produção. Os dados CAD permitem aumentar a qualidade dos produtos com custos de desenvolvimento inferiores e maior eficiência, o que resulta em maior rapidez na produção e na introdução no mercado.

O Relatório do estudo de mercado relativo a software CAD
indicou que se prevê que o mercado global de software CAD atinja um valor de 18,7 mil milhões de dólares em 2030, um aumento relativamente aos 9,3 mil milhões em 2019.

A quarta revolução industrial, também conhecida como Indústria 4.0, é essencialmente uma cadeia digital, do princípio ao fim, do conceito à produção. Nenhuma empresa ou fabricante engloba tudo o que a Indústria 4.0 é e faz. É necessário conectar muitas peças para tornar a Indústria 4.0 eficaz e prática em contextos reais e os programas CAD são um elemento importante deste processo.

Tudo se resume ao desenho
Mesmo no início do processo de desenho, o facto de os engenheiros poderem facilitar o seu trabalho diário com dados CAD é sempre uma vantagem. Retirar inspiração das peças pré-fabricadas disponíveis antecipadamente pode ajudar no processo de desenho.

Durante o processo de desenho, os dados CAD permitem melhores opções de visualização, até aos subconjuntos do produto final. Uma enorme vantagem dos dados CAD é a precisão. Não é possível alcançar a precisão com um esboço e, sem ela, o processo de desenho pode ser mais propício a erros, mais lento e mais dispendioso se os desenhos tiverem erros. 

Os engenheiros têm a possibilidade de desenhar em 2D ou 3D logo desde o início e de visualizar os modelos virtuais acabados a partir de vários ângulos. Isto também facilita a integração de software. O CAD 2D é frequentemente usado para esboçar ideias, enquanto o CAD 3D é usado para construir virtualmente o produto e ajustar dimensões - um sistema de software integrado permite aos engenheiros alterar entre os dois.

Os dados CAD permitem criar objetos virtuais dos produtos desenhados acabados e também testar as funções internas dos desenhos. A representação visual do produto acabado num ambiente virtual não só garante aos engenheiros uma experiência mais realista, como também facilita a identificação e correção de possíveis erros nos desenhos.

Não há tempo a perder
Há muito tempo que o aumento da produtividade é um objetivo no setor da produção e apesar dos avanços tecnológicos, como a automação de fábricas, na última década isto tem vindo a evoluir e a adaptar-se de forma constante.

Graças à tecnologia de comunicação moderna, a digitalização permite interligar engenheiros, máquinas e produtos. Isto permite aos designers verificar antecipadamente os componentes que cabem no espaço de instalação disponível ou ver a margem de manobra restante.

Saber quais os componentes normalizados disponíveis pode poupar imenso tempo. Essas informações permitem aos engenheiros usar o máximo de peças normalizadas possível nos seus desenhos para que possam então concentrar-se totalmente nos poucos detalhes restantes. Isto resulta numa enorme poupança de tempo, a cadeia de valor acrescentado é otimizada e os engenheiros podem focar-se novamente nas suas competências principais.

Todos os modelos CAD são modelos estáticos. Isto elimina a necessidade de desenhar e configurar os componentes, permitindo atingir os objetivos de forma mais rápida e mais eficiente. A representação visual do produto acabado num ambiente virtual não só garante aos designers uma experiência mais realista, como também facilita a identificação e correção de possíveis erros nos desenhos. Por sua vez, isso permite minimizar os períodos de inatividade e aumentar a eficiência.


Serão os dados CAD o segredo para o futuro da Indústria 4.0?

Disponibilidade total
O facto de os dados CAD estarem a tornar-se um recurso amplamente disponível para os engenheiros, seja online ou através de uma aplicação, está a permitir otimizar e tornar mais eficiente o processo de desenho de produtos. Com os dados CAD, os engenheiros projetistas precisarão de menos tempo para desenhar produtos ou peças graças à enorme quantidade de conhecimento e sugestões e à vasta disponibilidade de materiais.

Uma vês que se prevê um rápido crescimento do mercado CAD nos próximos dez anos, é essencial que os engenheiros consigam acompanhar o software e a tecnologia à medida que e quando estes evoluem. Vários fabricantes disponibilizam formações, muitas vezes gratuitamente, que permitem que os engenheiros se mantenham a par das atualizações.

Os designers podem tirar o máximo partido do que a norelem tem para lhes oferecer mudando a forma como abordam o processo de desenho e dando prioridade aos dados CAD da norelem. Seja online, com a aplicação CAD da norelem ou com o nosso catálogo, ferramenta e gerador de ideias: o THE BIG GREEN BOOK. Está disponível nas versões impressa, digital e USB.

Com mais de 60 anos de experiência em engenharia mecânica e fabril, o Centro de Formação norelem ACADEMY presta apoio incondicional aos engenheiros. Tendo uma posição privilegiada no setor, a norelem sabe o que move os designers e engenheiros e oferece cursos de formação gratuitos, desde formação básica e conhecimentos profissionais até uma visão geral de novos produtos.

Os cursos de formação básicos têm uma duração de 30 minutos e estão disponíveis online, ou seja, em qualquer lugar, a qualquer hora. A base de dados da norelem fornece todas as informações relevantes sobre os seus produtos, exemplos de aplicação e vídeos de melhores práticas. Os engenheiros podem obter dados CAD para mais de 60.000 componentes da norelem em vários formatos - portanto, todo o leque de componentes normalizados está disponível. Isto permite aos engenheiros integrar rápida e facilmente todos os dados técnicos e geométricos no seu sistema para dar vida a conceitos de desenho de forma mais eficiente e precisa.

Das geometrias básicas até às mais complexas, o software CAD está a revelar-se muito benéfico na criação de inúmeros desenhos para muitos setores. No que se refere ao setor da produção, está em ascensão, conduzindo o setor em direção a um futuro mais otimizado e mais eficiente através da ligação entre os mundos físico e digital.

Para obter mais informações sobre a norelem, visite www.norelem.pt

  Peça mais informações…

LinkedIn
Pinterest

Junte-se aos mais de 15 mil seguidores do IMP